Menu fechado

Deputado Marcelo Cruz expõe situação de constrangimento ocorrido na sede do INCRA em Rondônia

Na Sessão Ordinária realizada na manhã de quarta-feira (30), que se estendeu pela tarde, o deputado estadual Marcelo Cruz (PATRIOTA), usou a tribuna da Assembleia Legislativa para expor uma situação de constrangimento ocorrida na quinta-feira, 24, no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Porto Velho.

A situação que gerou o constrangimento, se deu em virtude do presidente do INCRA ter se incomodado com a presença do deputado Marcelo Cruz, que estava junto ao Corretor de Imóveis José Bento, que buscava informações sobre a morosidade na emissão da CERTIDÃO DE ANUÊNCIA. Um  dos documentos necessários para a transferência de imóveis rurais.

O FATO

O parlamentar se deslocou até o órgão, com um corretor de imóveis, José Bento, e uma advogada para tratar de questões relacionadas à regularização de terras. Ao chegar no prédio, foram recebidos pelo superintendente do Incra, Mário Moacir de Almeida, e por uma funcionária.

Segundo o deputado Marcelo Cruz, o superintendente agiu de forma ríspida e grosseira, logo na chegada, e disse ter um vídeo que queria que os três assistissem.

“Era um vídeo do José Bento reclamando que não conseguia pegar certidão, carta de anuência. Senti-me constrangido quando comecei a ver as imagens. Ele começou a encurralar o José Bento, dizendo que aquele vídeo era um desrespeito e que o Incra iria processá-lo. O Bento ficou acuado. O superintendente não sabia que eu era deputado e quando o Bento falou estar com o deputado Marcelo Cruz, ele, simplesmente, ignorou e ignorava. Praticamente chamou um trabalhador que atua com nossos produtores rurais de cabra safado”, relatou.

Discussão

Marcelo Cruz afirmou que aliviou o clima de tensão que havia se instalado no encontro, perguntando ao superintendente do Incra se ele era de Rondônia e há quanto tempo estava aqui, mas, apesar disso, Mário Moacir,  estava impaciente e falou alto com o parlamentar e os demais presentes naquela reunião.

“Disse que não era de Rondônia e estava há um ano em Porto Velho. Ele falou ser do Rio Grande do Norte e perguntou o que isso tinha a ver. Aumentou a voz e disse, que isso era um desrespeito. Também não fiquei calado e disse que ele não estava preparado para aquele cargo. Falei que tem um monte de produtores que procuram o Incra e ele não atende. É um ignorante!”, desabafou o parlamentar.

Nesse momento, relatou o deputado, onde o superintendente teria ficado ainda mais alterado e aumentou o tom da voz, questionando o motivo de Marcelo Cruz estar na sede do Incra.

“Ele levantou e disse: senhor deputado, o senhor não foi convidado para essa reunião. Perguntei se estava me expulsando e ele respondeu que eu entendesse como quisesse. Pensei que ele fosse me bater. O cabra é desrespeitoso e não está preparado para o cargo”, denunciou.

 O deputado disse ainda que o superintendente só atende 20 pessoas por dia, e mesmo assim, ignorantemente.

Publicado em:Geral

2 Comentários

  1. Szpiegowskie Telefonu

    Szpiegowskie telefonu – Ukryta aplikacja śledząca, która rejestruje lokalizację, SMS-y, dźwięk rozmów, WhatsApp, Facebook, zdjęcie, kamerę, aktywność w Internecie. Najlepsze do kontroli rodzicielskiej i monitorowania pracowników. Szpiegowskie Telefonu za Darmo – Oprogramowanie Monitorujące Online.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *