Menu fechado

André Gonçalves espera a tornozeleira para cumprir prisão em casa

André Gonçalves está na espera da notificação da Justiça de Santa Catarina e da chegada da tornozeleira eletrônica para cumprir prisão domiciliar por não pagar pensão alimentícia para sua filha, Valentina Benini, fruto de sua relação com a jornalista Cynthia Benini.

Na última semana, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina decretou que o ator de 46 anos, marido de Danielle Winits, deve cumprir 60 dias de prisão domiciliar utilizando o aparelho em uma das pernas.

Em declaração para a revista “Quem” na tarde desta segunda-feira, 29, o advogado do artista, Sylvio Guerra, confirmou que ele ainda não iniciou a prisão domiciliar.

“O André ainda não foi notificado e segue a vida normal. Ele continua bem gripado e segue aguardando ser notificado pela Justiça de Santa Catarina, com o mandado de prisão, para receber a tornozeleira eletrônica”, disse ele.

Entenda o que aconteceu
O ator deve cerca de 350 mil reais, sendo que o valor mensal para pensão de sua filha são da ordem de 4,5 mil. O artista não realiza pagamentos dos valores desde 2007, por isso no montante há acréscimo de juros e correção monetária.

Conforme a sentença, André Gonçalves terá que cumprir prisão domiciliar por 60 dias, com monitoramento por tornozeleira eletrônica. Ele ainda não recebeu a notificação, porém seu advogado, Sylvio Guerra, diz que cumprirá a determinação.

“André foi demitido e desde então é desempregado. Nesses 5 anos os juízes vinham acolhendo nossas ponderações e provas, de que sem emprego ele não tem como arcar com a pensão integralmente. Neste período ele nunca deixou os filhos totalmente desemparados. Sempre que realiza um trabalho, ele paga algo, mas não o valor integral”, disse o advogado, conforme publicou o jornal “Extra”.

Publicado em:Notícias

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *